coroa-espinhos-fonte-marc-antoine_mouterde-81

Em Paris, visite e beije a Coroa de Espinhos usada por Jesus Cristo

Quando se visita a Catedral de Notre Dame, a deslumbrante catedral gótica que muitas vezes está incluída junto com a Torre Eiffel e com o Arco do Triunfo como símbolos icônicos de Paris, logo nos remetemos ao famoso filme “O Corcunda de Notre Dame”.

Mas o que muitos não sabem é que a igreja abriga uma das mais importantes relíquias do cristianismo, a Coroa de Espinhos que foi colocada na cabeça de Jesus Cristo em sua crucificação, onde os soldados romanos O ridicularizaram com o título de “Rei dos judeus”.

 

Igreja de Notre-Dame, em Paris. Foto humanitieswest.net
Igreja de Notre-Dame, em Paris. Foto humanitieswest.net

Há mais duas relíquias do cristianismo, além da coroa de espinhos, abrigadas no relicário da igreja de Notre Dame: Um fragmento da madeira da Cruz e um dos pregos usados para pregar Jesus na cruz.

Tá planejando uma viagem para a França? Não esqueça de contratar seu seguro viagem. Compare seu seguro com as melhores operadores do mercado e tenha 5% de desconto com o cupom DECOLAGEM5.

Essa informação pode ser apenas um fato histórico para alguns, mas para os cristãos, essa informação transcende ao nível da fé, e assim foi conosco. Toda atmosfera do local mudou, sabíamos que íamos nos deparar com uma relíquia e cremos nos milagres advindos desse contato mais íntimo com Cristo.

Frente da Catedral de Notre Dame e a fila para ingressar no dia da exposição da Coroa.
Frente da Catedral de Notre Dame e a fila para ingressar no dia da exposição da Coroa.

Após entrarmos, depois de uma longa fila do lado de fora da Igreja (mas que anda rápido), estávamos extasiados com a possibilidade de pelo menos ver a coroa de longe, mas nos surpreendemos com toda a magia da cerimônia. A coroa não fica exposta como uma peça de museu, ela é acessível aos fiéis, todos tem a possibilidade de chegar perto e beijá-la. Essa informação nos foi dada por um dos cardeais presentes na cerimônia, que prontamente nos levou a entrada onde ficava o acesso as fileiras de bancos para nos sentarmos e esperarmos nossa vez.

Interior da Catedral no dia da exposição. Todos sentados e total organização.
Interior da Catedral no dia da exposição. Todos sentados e total organização.

Outro cardeal organizava uma fila interna, chamando fileira a fileira. E quando ele ficou em pé ao lado de nossa fila, isso significava que tinha chegado nossa vez de nos aproximar da coroa e beijá-la. Tomados de muita emoção e de muita fé, beijamos a coroa na certeza que aquele momento ficaria gravado em nossos corações. Que experiência, que momento.

View this post on Instagram

⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ 📍Paris, França 🇫🇷 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Para quem for a Paris, uma das relíquias mais importantes do cristianismo, a coroa de espinhos usada por Jesus Cristo durante a crucificação está guardada na Catedral de Notre Dame. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ A Igreja a expõe aos fiéis durante uma missa realizada toda primeira sexta-feira de cada mês, a partir das 15 horas. O acesso é gratuito, bastando entrar na fila e esperar a sua vez. Uma experiência emocionante. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Mas como a coroa foi parar em Paris? No ano de 1238, o rei francês Louis IX pagou uma enorme dívida que a cidade de Constantinopla possuía com bancos de Veneza e recuperou a coroa de espinhos que estava penhorada. A relíquia foi guardada na Saint Chapelle, que foi construída exclusivamente com o propósito de guardar a coroa. Atualmente está guardada da Catedral de Norte Dame.

A post shared by Decolagem Autorizada (@decolagemautorizada.com.br) on

 

Mas como a coroa foi parar em Paris e não no Vaticano?

A coroa de espinhos foi transferida de Jerusalém para Constantinopla em 1063. E no ano de 1238, o rei francês Luís IX pagou uma enorme dívida que Constantinopla possuía com os bancos de Veneza e recuperou a coroa de espinhos que estava penhorada nos bancos da cidade italiana. Na época o rei mandou construir a Igreja de Sainte-Chapelle (a Igreja Real), concluída em 1248, exclusivamente para guardar a coroa.

 

Interior da Igreja de Sainte Chapelle, em Paris.
Interior da Igreja de Sainte Chapelle, em Paris.

Durante a Revolução Francesa, muitas instalações e símbolos religiosos estavam sendo destruídos ou usados para outros fins. Com isso, para garantir a segurança, a coroa e outras relíquias religiosas, foram primeiro transferidas para a Abadia de Saint-Denis, depois terminaram sendo transferidas para a biblioteca nacional do país.

Apenas em 1801, Napoleão, em um acordo com o papa Pio VII, devolveu a propriedade das relíquias à igreja, e elas foram transferidas em 1806 para o relicário da Catedral de Notre Dame, a sede do Arcebispo de Paris, e está guardada lá até hoje.

 

Reserve seu Hotel em Paris, utilizando o mapa abaixo: Booking.com

 

Desde 1896, a Coroa Santa foi guardada em um tubo de cristal, com um grande detalhe no tubo feito em ouro representando um ramo de Ziziphus ou Spina Christi, o arbusto que foi usado para a coroação de espinhos.

Coroa de Espinhos guardada no tubo de cristal. Foto: REUTERS/Philippe Wojazer.
Coroa de Espinhos guardada no tubo de cristal. Foto: REUTERS/Philippe Wojazer.

Os galhos são ligados por fios de ouro que dizem representar os espinhos perdidos, que foram removidos ao longo dos séculos e hoje estão guardados em muitos outros locais sagrados.

Coroa de Espinhos. Detalhes para os fios de ouro. Foto: REUTERS/Philippe Wojazer.
Coroa de Espinhos. Detalhes para os fios de ouro. Foto: REUTERS/Philippe Wojazer.

 

Como visitar?

A Igreja a expõe aos fiéis durante uma missa realizada toda primeira sexta-feira de cada mês, a partir das 15 horas.

Também pode ser vista durante todas as sextas-feiras durante a Quaresma, às 15 horas. Com um horário especial na sexta-feira santa, sendo exposta, das 10h às 17h.

Fiel beijando a Coroa de Espinhos usada por Jesus Cristo durante a Crucificação.
Fiel beijando a Coroa de Espinhos usada por Jesus Cristo durante a Crucificação.

 

 

Quanto custa?

O acesso é gratuito, bastando entrar na fila e esperar a sua vez.

⠀⠀⠀⠀⠀

Local

Igreja de Notre Dame

Parvis Notre-Dame / Place Jean-Paul II

 

Como chegar

Estação de Metro: Citar

 

Horário da Igreja

Segunda a sexta-feira, das 7h45 às 18h45;

Sábado e domingo, das 7h45 às 19h15.

 

Exposições da Coroa de Espinhos

Primeira sexta-feira do mês e todas as sextas-feiras durante a Quaresma, às 15 horas;

Exposição da Sexta-feira Santa, das 10h às 17h.

 

Fonte da imagem destacada: Marc-Antoine Mouterde, da Aleteia.org

 

Reserve um carro utilizando a caixa de pesquisa abaixo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *