DSC04590

África em Família – A espetacular reserva do Kruger, na África do Sul


O Kruger National Park é uma das maiores reservas de animais do mundo e considerado um dos melhores lugares pra se realizar um Safári. Abrange uma área de 19.485 quilômetros quadrados e se estende 360 quilômetros de norte a sul e 65 quilômetros de leste a oeste. Ou seja, quase do tamanho do estado de Sergipe.

As áreas do parque foram protegidas pela primeira vez pelo governo da África do Sul em 1898, e tornou-se o primeiro parque nacional da África do Sul em 1926. Hoje pela contabilização do parque além dos famosos big five: Leão, Leopardo, Elefante, Rinoceronte e Bufalo, há 336 espécies de árvores, 49 espécies de peixes, 34 espécies de anfíbios, 114 espécie de répteis, 507 espécie de aves e 147 espécies de mamíferos.

Estar no Kruger é mágico. Vamos relatar um pouco dessa aventura que vivemos em família.

O Kruger fica a 400 KM de Joanesburgo, aproximadamente 5 horas de viagem. A estrada é boa, duplicada, bem sinalizada, sem muito trânsito, e caso você tenha um GPS, não tem erro.

Mapa com a marcação dos Portões e Camps do Kruger
Mapa com a marcação dos Portões e Camps do Kruger

O acesso ao parque é extremamente fácil, basta antes decidir por qual portão você o acessará. Como iríamos dormir no camp Pretoriuskop, e estávamos de carro alugado, escolhemos entrar pelo portão de Malalane, ao sul do parque. Fizemos isso para iniciar nosso game, pois aproveitamos o caminho entre o portão e o camp Pretoriuskop (mais ao oeste), com 85 km de distância e que demoraria 03:30h.

Entrada do Camp Pretoriuskop
Entrada do Camp Pretoriuskop

 

Dito isso, de fato, nosso game começou! Em menos de 500m nos deparamos com essa cena que vcs irão ver abaixo. Uma família inteira de elefantes e a cada km que andávamos víamos mais animais para marcamos em nosso game. Ah! Esqueci de dizer que você recebe ao entrar no park você um encarte para ir marcando os animais que você encontra ao longo do passeio. O auge é conseguir marcar os Big Five: Leão, Elefante, Búfalo, Girafa e Rinoceronte.

 

Kruger - Família de Elefantes passando em frente ao carro
Kruger – Família de Elefantes passando em frente ao carro

Dica: Veja a distância e tempo entre os portões e camps aqui: https://www.sanparks.org/parks/kruger/get_there/KNP_distances_beween_camps.pdf

Cada portão tem acesso a diferentes Camps, todos dotados de postos de gasolina, restaurantes, lojinhas e supermercados, extremamente organizados! Ficamos hospedados no Pretoriuskop Camp em bangalôs bem característicos da Africa.

Dica: Você reserva tudo pelo site https://www.sanparks.org/parks/kruger/

Bangalô no Camp Pretoriuskop
Bangalô no Camp Pretoriuskop

O bangalô tinha ar condicionado, chuveiro elétrico e frigobar e era extremamente confortável. O ambiente nos faz sentir dentro de um acampamento na floresta, inclusive com vários animais soltos pelo Camp. Todos os camps tem alguns níveis de acomodações que vão desde barracas até alguns quartos mais sofisticados.

Destaque: A diária do quarto para 4 pessoas no Pretoriuskop + Taxa de Preservação Obrigatória + Passeio de Safari do Sunrise (que sai as 4 da manhã) saiu por 850 reais para nós 4.

Camp Pretoriuskop
Camp Pretoriuskop

Na recepção do Camp você pode reservar os safaris (Sunrise e Sunset), caso você não tenha realizado-os pelo site oficial. Escolhemos realizar o sunrise por termos tido muita sorte de encontrar a maioria dos animais em nosso trajeto para o camp, exceto os felinos por terem hábitos noturnos, desse modo, veríamos os felinos em atividade pois o safári inicia ainda escuro na madrugada, por volta de 4h.

Guia do Safári Sunrise
Guia do Safári Sunrise

O safari é a realização de toda imagem guardada no nosso imaginário, desde o carro equipado até o guia com sotaque de sua tribo de origem. Com pontualidade britânica, iniciamos o safari já encontrando animais pelo caminho.

Nascer do Sol no Kruger
Nascer do Sol no Kruger

Nos deparamos com elefantes, girafas, rinocerontes, leopardos, onças, jaguares, emus, antílopes, hienas, hipopótamos, enfim, toda arca de Noé. A distância que passamos por esses bichos é assustadoramente próxima, o que aumenta ainda mais a emoção do “game”. Eles chamam o safári de “game” pois temos o objetivo de achar os animais em meio a floresta e muitas vezes eles estão caçando, outros bebendo água, em cima das árvores, camuflados, dentro dos lagos, o que torna o “game” ainda mais emocionante.

 

Vale salientar que por estarmos em família, ou seja com as crianças, esse passeio ganhou ainda mais cor pois se para nós adultos, já é uma experiência única, imagine para os pequenos?

No momento da viagem nosso filho mais velho tinha 13 anos, e o mais novo 11. Ambos relataram que a África foi mais emocionante que a Disney. E ouvir isso, nos encheu de satisfação.

Ainda no safári, o guia a todo momento interage com as crianças, delegou a eles a função de achar os animais com a lanterna em meio a escuridão e às árvores fechadas, o que os deixou entretidos durante todo o jogo. Confira nossas dicas de hospedagem e os valores dos safaris aqui!

Lanterna procurando os animais
Lanterna procurando os animais

 

Leopardo no Kruger
Meu filho encontrou um Leopardo com a lanterna

 

Após o Safári, voltamos ao Camp e pegamos nosso carro para continuarmos o “game” por conta própria, dirigindo até o portão de saída Paul Kruger, onde de lá iríamos conhecer Jessica, The Hippo (clique aqui para saber mais sobre o passeio de Jessica).

Até o portão passamos por diversos animais, contemplando-os no nosso tempo, como rinocerontes e zebras.

 

OBS.: Por mim, teria ficado mais uns 2 dias no Kruger, passeando de carro e dormindo cada dia em um Camp diferente. E fazendo os 3 diferentes tipos de Safari que eles oferecem. Sunrise (que foi o que fizemos), o Sunset e outro em que você vai a pé.

 

Horários

Abertura dos Portões

De Outubro a Março – 05:30h
De Abril a Setembro – 06:00h

Fechamento dos Portões

De Novembro a Fevereiro – 18:30h
De Março a Abril e de Agosto a Outubro – 18:00h
De Maio a Julho – 17:30h
Preços

Taxa de Conservação Obrigatória – 331 Rands por Adulto e 166 Rands por criança

 

Caso vá ao Kruger, não deixe de colocar no roteiro a Jéssica The Hippo, em Hoedspruit, e o Santuário dos Elefantes, em Hazyview.

Aproveite e reserve seu hotel na África do Sul usando a caixa de pesquisa abaixo e ajude-nos a manter o blog:


Booking.com

 

Reserve um carro utilizando a caixa de pequisa abaixo, em até 12 vezes sem juros e sem IOF.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *